sexta-feira, 7 de julho de 2017

Universal lista 5 motivos bíblicos para perdoar infidelidade: “Amor vai além das palavras”


A Igreja Universal do Reino de Deus publicou um artigo listando cinco motivos bíblicos para perdoar uma traição conjugal, e usou como ilustração o caso de infidelidade do ator Brad Pitt, que traiu a então esposa, Jennifer Aniston, com sua atual, Angelina Jolie.
O caso, que tomou as manchetes há mais de dez anos, foi usado pela denominação como um exemplo de que a sociedade raramente esquece um caso de infidelidade, e que isso é um complicador na hora do perdão.
No entanto, a igreja do bispo Edir Macedo apontou outros pontos que devem ser levados em conta no momento de avaliar um caso de traição amorosa.
O primeiro ponto mencionado no texto é que “você também erra”, embora os erros não devam ser equiparados: “Não compare seus erros aos erros de quem traiu. Equívocos não são números, não entram em equações matemáticas. Lembre-se de que você também já errou e, provavelmente, voltará a errar, ainda que não seja da mesma maneira. Quando você erra, espera o perdão. Portanto, conceda o mesmo a quem também errou, ‘pois todos pecaram e carecem da glória de Deus’”, diz o texto, fazendo referência à passagem bíblica de Romanos 3:23.
O segundo ponto abordado lembra que “o passado fica para trás”, e deixa uma valiosa lição: “Perdoar não é esquecer o fato, mas purificar seu coração de sentimentos ruins. A mágoa, a dor e o desejo de vingança podem destruir a vida de quem os mantêm em si. Por isso a Bíblia ensina: ‘Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas’”, sugeriu, mencionando Isaías 43:18.
Fonte:noticias.gospelmais.com.br
Share:

0 comentários:

Postar um comentário